EVENTOS FREGUESIA CONCELHO INFORMAÇÕES CONTATOS  
 

Freguesia de Paderne
 
  Freguesia de Paderne » Património
  Freguesia

Ponte do Castelo

Trata-se de uma ponte de feição romana, situada no vale a sudoeste do Castelo sobre a Ribeira de Quarteira, reedificada em 1771 e onde são visíveis três arcos e dois talha-mares com a forma de prisma triangular.

 

 

» Entrada

» Caraterização

» Heráldica

» Lendas

» Património

» Economia Local

» Turismo

» Equipamentos Sociais

» Desporto

» Associações

» Mapa

Azenha

Trata-se de um sistema tradicional de margem, que tem por força motriz o impulso da água.

Desconhece-se a data de construção desta Azenha, sabendo-se, no entanto, que estes engenhos são mais antigos que os moinhos de vento e constituem uma herança do período árabe.

Na Carta de Foral concedida por D.Manuel, em 1504, já se encontram referências a estes sistemas de moagem, o que pressupõe a sua antiguidade e o importante papel que desempenharam num fundo tecnológico tradicional das comunidades que aqui viviam.

  Autarquia

Fonte

Localizada na estrada entre Paderne e o seu Castelo, a sua existência remonta ao séc. XVIII e dada a sua importância, encontrava-se firmemente protegida pela legislação municipal da época.

Integrada na zona de intervenção da Ribeira de Quarteira, possui um projecto que contempla a conservação da fonte e arranjo paisagístico dos espaços envolventes.

Numa primeira fase vão ser criadas zonas de estacionamento e sanitários públicos. Posteriormente, prevê-se a instalação de quiosques para venda de artesanato e produtos regionais.

 

» Mensagem Presidente

» Orgãos Autárquicos

» Organograma

» Documentos

» Galeria de Presidentes

» Serviços

» Taxas

» Contatos

» Localização

Moinho do Leitão

No cimo do cerro com o mesmo nome ergue-se o moinho imponente com a sua estrutura de pedra, areia e cal outrora caraterístico da construção local. 
A data da sua construção não é precisa apenas se sabe que é um dos mais antigos da freguesia. 
A freguesia de Paderne vivia essencialmente da agricultura devido às ribeiras. As suas águas eram aproveitadas para a rega das sementeiras ao longo do ano. 
Os cereais e os frutos secos eram a fonte de riqueza de Paderne. 
Os ventos eram-lhe favoráveis moendo incessatamente salvo quando estava vento de levante em que não era possível moer porque é um vento inconstante e pode durar três, cinco ou sete dias. 
Atualmente o moinho encontra-se reconstruído e pronto a funcionar podendo ser visitado sendo este propriedade da Junta de Freguesia de Paderne.

  Galeria
 

» Fotos

» Vídeos

« Início | Anterior »
Junta de Freguesia de Paderne @ Todos os direitos reservados  
Desenvolvido por António Simões - 2013